Aécio, o ‘mineirinho’ nas planilhas, recebeu R$ 15 milhões, diz delator Cláudio Filho

– Sábado, 10 de Dezembro de 2016 –

Mais uma delação envolvendo o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Cláudio Melo Filho, diretor de Relações Institucionais da Odebrecht, em depoimento à justiça federal, relata que Aécio era identificado nas planilhas de pagamento como “mineirinho”.  Afirmou ainda que o senador recebeu, da empreiteira, R$ 15 milhões entre 7 de outubro e 23 de dezembro de 2014.

Os pagamentos, registradas nas planilhas de Maria Lúcia Tavares, secretária do Setor de Operações Estruturadas – conhecido como o “departamento de propina” da Odebrecht – foram feitas em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais.

Melo Filho afirmou também que Aécio ainda teria intermediado um pagamento de R$ 1 milhão para o senador José Agripino Maia (DEM-RN), que era conhecido nas planilhas como “gripado” e “pino”.

Veja também: