dilma-chico

Nenhum contrato está seguro, alerta presidenta aos brasileiros

Correio-do-Brasil

Firme, embora emocionada, a presidenta Dilma Rousseff denunciou, no Plenário do Senado, o golpe de Estado, em curso no país. Em sua defesa, na manhã desta segunda-feira, dia do julgamento final do processo de impeachment, Dilma reafirmou seu respeito e a defesa da Constituição brasileira.

— Sempre acreditei na democracia e no Estado de direito, e vi na Constituição de 1988 uma das grandes conquistas do nosso povo. Diante das acusações que contra mim são dirigidas, não posso deixar de sentir novamente o gosto amargo da injustiça e do arbítrio. Mas como no passado, resisto. Não esperem de mim o obsequioso silêncio dos covardes — disse a presidenta.

[Leia mais…]

Veja também: